15/07/08

A "mansão"...

Esta é uma das casas da minha vida... ou talvez da minha infância... é a unica “vivenda” resistente da Rua Montepio Geral. Até há pouco tempo havia esta e outra, muito abandonada, logo ao início da rua, que foi vendida e transformada em cabeleireiro/esteticista.

... mas esta casa tem história. Quando eramos pequenos era para nós uma espécie de mansão. Embora raramente vissemos os seus habitantes, rezava a história que vivia lá um padre, mas que estava sempre ausente. Esta casa assinala também a divisão da rua, graças à sua localização quase central muitas pessoas dizem “eu moro deste lado da rua”. As pessoas que lá moram continuam a ser muito discretas... não sei se, na verdade, alguma vez terá lá vivido um padre ou se ainda viverá.

A casa foi arranjada, pintada e dizem que por trás tem um grande jardim, mas a minha máquina e perspectiva só conseguiram captar esta imagem...

5 comentários:

Alexa disse...

Que casa magnífica!!!
Ai, ai, que inveja!
Adorei o azul :)

J. disse...

;)... e ja começam a ser raras! ;)

Fernando disse...

J. esta moradia, na minha opinião, é lindíssima.

Pelo aspecto da fotografia, dá a sensação de que está totalmente remodelada, e bem, é que efectivamente, tem uma grande manutenção.

Mas tem uma particularidade, que eu adoro.

É precisamente, o jardim por detrás.

Assim concerteza, é o que se chama, qualidade de vida!

Fernando ;-)))

J. disse...

fernando,

é um prazer vê-lo agora deste lado também.

sim, esta vivenda foi renovada mas nao me recordo exactamente quando. da minha varanda das traseiras apenas consegui captar esse bocadinho de jardim, mas que apenas nosd eixa imaginar como sera na verdade... e sim, ter um "jardim" em casaa em plena cidade parece-me rarissimo e é sem duvida qualidade de vida...

vantagens de viver no "rés do chao"! ;)

Fernando disse...

J. anteriormente já tinha feito um pequeno comentário, aqui no seu blog.

Foi por mera casualidade, que vim aqui parar. Ou seja, cliquei na sua letra e tive curiosidade em abrir, neste blog.

Gostei e também posso-lhe adiantar, que a sua zona é me familiar.

Continuação de um óptimo dia, para si.


Fernando ;-)))