18/09/11

A " Reserva" dos Índios


Os índios já são adolescentes, fizeram 19 anos no passado dia 11 de Setembro, tantos quantos o do "Parque Recreativo do Alto da Serafina" ou "Parque dos Índios" como muitas vezes é designado e que abriu portas em 1992. Estão portanto de Parabéns , como sabem todos os que já lá foram acompanhando crianças ou por si só, à procura no Monsanto de uma brisa fresca enquanto o ar abafado e pouco respirável do trânsito nas tardes quentes fica lá em baixo na cidade. Ou quem já lá foi piquenicar. Ou quem descobriu palavras novas inventadas pelas crianças pequenas , sim, porque o Parque tem um horário de Inverno e pode-se cair dentro de uma poça de "la(m)ba". Ou quem (des)espera pelo dia em que o Parque passa a funcionar em horário de Verão e se pode aproveitar os fins de tarde até às 20 horas. Ou quem já esteve na esplanada do restaurante Papagaio da Serafina. Para mim a "Serafina" se fosse um gosto era o dos pinhões soltos das pinhas e partidos com uma pedra. Se fosse um olhar poderia ser o do azul do tejo entre arvoredo. A funcionária Teresa é do princípio do Parque, lembra-se bem do dia da inauguração em que foram as escolas e as palavras de um casal "Que grande melão! " à procura da piscina, projectada mas nunca construída, onde agora são os insufláveis. E interrompeu a conversa para atender um pai e ir com ele à procura de um casaco do filho que terá sido deixado nas tendas . Como no primeiro dia. Nós "desculpamos" nunca terem contruído a piscina. Mas espero que a Câmara Municipal de Lisboa nunca se esqueça que os índios, continuam por lá!


imagem retirada de um "poster" da campanha promocional da abertura do Parque.

1 comentário:

TERESA SANTOS disse...

Não é que me fizeste saudades?!
Há quantos anos não vou ao Parque da Serafina.

Tenho que lá voltar, urgentemente.